sexta-feira, 15 de maio de 2009

The Joy

Há que dizê-lo, sem vergonha. A música é algo universal, ultrapassa gerações, une as massas.
E sem vergonha também vos digo, Joy Division são neste momento a minha obecessão, e significam muito, e tocam ainda mais. Avaliem por vós próprios, deixo-vos uns sonorozitos bem bons. Viva a Madchester...

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Entre deus e Maradona

Deixo-vos com o meu último escrito, no blog matanzero.blogspot.com, sobre um tema que nos toca a todos.

"Não frequento cultos de qualquer espécie, nem vejo necessidade, sinceramente, de existir um elemento etéreo a que a Humanidade se tenha de agarrar para justificar o que, num dado momento histórico, ainda não tenha justificação.

Inicio com este comentário uma reflexão acerca do documentário de Emir Kusturica, “Maradona”. Não sou um crente – assumo -, mas quando se fala em Diego Armando Maradona confesso que me calo face à justificação do (metafisicamente?) inqualificável. Não acredito, mas se fosse legítimo existirem as religiões que quiséssemos, não faltariam deuses de quem esperar milagres, ou representações simbólicas que moldassem os nossos hábitos – Maradona, nesta lógica, já tem seguidores e merece-o!

Por exemplo, Picasso era divino - há todos os testamentos e evangelhos nas formas geométricas das suas cores que justifiquem uma peregrinação aos museus em que está representado, comprovando aos mais cépticos que existe um inferno em Guernica e que nos sentiríamos nas nuvens celestes junto às Demoiselles d’Avignon; com Dali temos um purgatório constante, numa queda inexorável para a infinita perdição, numa semi-humanidade em fusão com os sonhos (a que nos ligarão os sonhos?); ler Saramago tem algo de oração, como um refúgio para um imaginário que nos salva ou que nos castiga na nossa dimensionalidade de não-saber-ao-que-estamos.

Enfim, Diego Maradona é toda a Divina Comédia. Se há algo maior que Maradona, só Maradona. Vê-lo correr driblando adversários é como alcançar o cume dos Himalaias com Os Lusíadas a salvo – fazemos parte da história porque vimos aquilo a acontecer, mas não compreendemos imediatamente o seu significado – apenas sabemos o que sentimos, para jamais o esquecer. E vê-lo cair humano, ou arrastar-se infernal pelos cantos obscuros de uma solidão que é tão maior quanto maior a solidão de não o podermos ver.

Com Maradona tudo é possível. Até a loucura de sermos iguais, assim divinos. Porque só entre iguais há perdão. E todos perdoamos a Maradona não ter sido sempre Maradona - porque estamos a falar de Maradona. Não perdoaríamos a quem fosse vulgar, por não ser assim igual, assim divino.

Maradona faz-me acreditar, e sei-o porque sorrio e fico feliz. E esse é o seu milagre. Obrigado Diego, por isso! E obrigado Kusturica, por nos lembrares."

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Pornografia dos pobres

O já extinto O Homem que modeu o cão produziu grandes pérolas do humor sem rede...aqui vai uma delas com Nuno Markl no seu melhor


terça-feira, 17 de março de 2009

O Anacronista


António, vamos chamar-lhe assim, era um jovem diferente. De origens humildes, Freixo de Espada à Cinta, terra de paz, amizade e bezerros. Tó era especial, didn't feel pressure, mas também didn't feel pretty much anything, ou se calhar sentia demais. O mundo passava-lhe ao lado, fogão eléctrico parecia-lhe demasiado moderno, tanque de lavadeira era mais a sua onda.
No fundo o Toninho sabia que havia algo mais além, ou algo algo mais áquem segundo definição geral. O seu sonho não era o futuro, era o passado. Fogo, cavernas, deuses, castelos, iluminação faziam sentido, honra parecia certo. No âmago, penso que apenas o mundo real não tinha significado. Mas não fazia mal, António era um sonhador. E sonhava, não com carros voadores, viagens ao espaço ou super-heróis, sonhava com Viriato, Afonso e João, sonhava com Miguel, Leonardo e Rafael, idealizava Ludwig, Frédéric e Giuseppe. Mas pelo travesseiro também passeavam Diego, Edson e o Zé, aquele que um dia chamaram da Europa. Vendo bem acho que António apenas sonhava.
Prometera a si próprio nunca perecer a sua infância, tão formosa tinha sido como início de tudo, não só do sonho como também do real, esbatida a diferença entre conceitos tão próximos.
Mas o gajo cresceu, viu, ouviu, sentiu e descobriu. Também aprendeu, umas coisinhas como gostava de contar ao pessoal lá do sítio, e viu tanto, mas esse tanto era ainda ainda demasiado pouco para aquilo que sempre sentiu. Fui grande, fui pequeno, hum...acho que fui enorme, não interessa mas o António sempre reconheceu em si que sabia mais, que viu mais, que sentiu mais e que descobriu mais. É algo muito pessoal, e acho que a dada altura todos sabemos se tudo é novo ou apenas uma continuação de qualquer coisa antes vivida. Pelo menos era assim que ele o sentia, e não havia mal nenhum nisso, até era um exercício mental interessante e um teste à sua própria integração no mundo. Ao menos ele sabia o que lhe era querido, honra, amor, lealdade. Há que admitir que não eram os piores valores do mundo.
A história do António ainda ele a está a viver, mas ele também me disse que, tal como o passado lhe diz o que ele é, também o futuro fala com ele e diz-lhe o que será, e ele vive bem com isso, acreditando no passado o futuro não lhe parece tão confuso, podia ser pior, o António tem esperança...

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Mais um clássico

Esta é mais velha que a maioria dos vossos pais e, porventura, mais antiga que os vossos avós. Mas é mais um grande som!! E quase ninguém sabe a letra disto, por isso aprendam. Uma homenagem ao John the postman...
Louie Louie - Richard Berry

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Twenty Four Hour Party People

Grande filme de 2002 que retrata a história da Factory Records e do Haçienda de Tony Wilson nos tempos da Madchester.
Uma viagem ao início de grandes bandas como Sex Pistols,Joy Division e New Order.



Joy Division - Love will tear us apart

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Agenda 21 Local de Vila Franca de Xira


A Agenda 21 é um processo que pretende promover o desenvolvimento sustentável, encarado dialecticamente nas suas dimensões globais e locais. Reflectindo a alteração dos paradigmas antropocêntricos, a sustentabilidade do desenvolvimento que se pretende quer-se multidimensional, integrando crescimento económico, equilíbrio ecológico, equidade social e processos de governância que, pois claro (aqui ponho uma pitada de ironia...), aproximarão as políticas das pessoas, contribuindo estas para a formulação das outras.
O concelho de Vila Franca de Xira está, neste momento, a preparar os processos participativos que, etimologicamente e por definição, se querem participados! :P Como vemos o Concelho em 2020? Eu tenho as minhas ideias... Nesse sentido, porque uma visão não é nada sem as mãos e as ferramentas que a materialize, proponho que contribuam, todos, para a divulgação deste processo, para que se torne um reflexo o mais abrangente possível daquilo que queremos - podem, desde já, preencher o inquérito que se encontra on-line, e estar atentos à divulgação (que espero que seja para breve) da calendarização das sessões participativas, em todas as freguesias.
Pois então, participemos!

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Onde raio está o Matt?

O Matt é um gajo inteligente e arranjou uma forma de ganhar guito passeando pelo mundo inteiro dançando de uma forma..pouco ortodoxa. A música até está boazinha.

Amigos brasileiros! Espalhem esta notícia

Em clara consideração ao auditório que nos lê desde o Brasil, aqui vai a notícia de um episódio de um jovem deste lado do Atlântico...


Normalmente os seguranças são quadrados, mas pensava eu que isso limitava-se à sua morfologia e não invadia o seu cérebro...mas não é bem assim. Pelo menos em relação aos que trabalham no restaurante/bar/discoteca 7ª arte (fica em Famões, acho que para os lados de Odivelas; eu deveria desconfiar que no fim do mundo é onde acontecem os fenómenos). E para os mais desatentos que pensam tratar-se de algo dentro da cena cultural que envolve comida,desenganem-se é mais um restaurante (?!) tipo para o ppl se enfrascar e sem qualidade na comida. Não pude ir ao anunciado jantar com preço fixo no dito estabelecimento e como em qualquer outro que segue esta política iria me juntar ao grupo para conviver enquanto acabavam a sua refeição...

Nãã...

Quadrado - onde o senhor pensa que vai?
Eu - Vou ter com uns amigos que estão a jantar
Q - Tem cartão?
Eu - cartão?!!
Q - sim para estar na nossa sala reservada (UUUUUUUUU) só com cartão de jantar que custa 15 euros
Eu - Mas eu só vou estar aqui um bocado a conviver,
Q - Tem cartão?
Eu - Não.
Q - Então precisa de cartão!
Eu - eu só vou falar com as pessoas que estão naquela mesa, tipo ilha, já que não está ninguém num raio de 10 metros...
Q - Tem cartão?
Eu - O dos descontos Galp serve?
Q - Se vier acompanhado de 15 euros.
Eu - Mas eu vim de longe para estar com estas pessoas que já não vejo à bastante tempo...
Q - Tem cartão?
Eu - Não, mas tenho boca para dizer mal disto
Q - Eu tenho uma boca maior...e tenho cartão!!
Eu - Olhe que eu posso dizer mal disto aos meus amigos..
Q - ahahahahaha

Este senhor, despertou o montro que eu tenho em mim ( na zona do fémur) e agora chegou a vez de dizer ao mundo brasileiro que este restaurante tem menires à porte sem sentimentos.


www.setimaarte.coisas.info/

NOME:Restaurante 7ª Arte
MORADA:Rua Major João Luís de Moura - Famões Park, Armazém S
Alto de Famões
1685-650 - Famões
TEL.:219318597
FAX:219315818
E-MAIL:
URL:





DESCRIÇÃO DA ACTIVIDADE EXERCIDA:
Na freguesia de Famões, encontra-se o Restaurante 7ª Arte, onde pode saborear as diversas especialidades da casa. Destacam-se as carnes e peixes grelhados, as mais variadas massadas e as espetadas mistas. Pode ainda apreciar o seu agradável jantar com muita animação, nomeadamente, karaoke, stand up comedy e música ao vivo. Não deixe de aparecer!


Stand up estive eu a fazer à entrada e não me pagaram...

Peço que espalhem a minha indignação pelo Brasil

ahahahahahahah (riso maléfico tipo o senhor do gato branco do inspector gadjet)

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Mistico

Para os apaixonados do fenómeno futebolístico, vai um vídeo que decerto fará parte do imaginário dos que acompanham de perto este desporto. É um trecho da "cerimónia" que os supporters do Liverpool têm antes de qualquer jogo da sua equipa em Anfield..."You'll Never Walk Alone" entoado por um esádio inteiro, que ganha dimensão estratosférica no Kop. É lindo, arrepiante, mágico e ao vivo deve ser uma sensação daquelas que só lá nos apercebemos da intensidade. Eu adorava "beber" daquele espírito...os jogadores do Liverpool não têm desculpa para não ir para cima dos adversários...Come on!!!!
Deliciem-se





When you walk through a storm
Hold your head up high
And don't be afraid of the dark
At the end of the storm
Is a golden sky
And the sweet silver song of a lark
Walk on through the wind
Walk on through the rain
Tho' your dreams be tossed and blown
Walk on, walk on
With hope in your heart
And you'll never walk alone
You'll never walk alone

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

A razão do coração

Este rapaz que está na foto, passou os últimos anos numa das maiores instituições mundiais e conseguiu ontem a passagem para o quadro de honra. Léo de seu nome (e fica por aqui a sua única ligação ao mundo felino), rescindiu contrato com o Benfica e está de novo livre para assinar por qualquer clube no entanto ligou-se para a eternidade com universo benfiquista!! Com a sua atitude em campo, sempre com base na garra e na humildade, representou sempre todos os sectores do estádio, desde o 3º anel naqueles sprints ao longo da lateral, à central do 1º piso, pela classe e técnica como tratava a bola! Ele foi capaz de aliar a isso, a um discurso quase sempre apaixonado pela causa vermelha. A forma menos feliz com que terminou a sua campanha por terras lusas, transportou-o para o pedestal que completa o Santo graal benfiquista...a família! Este rapaz para além de um atleta acima da média, ter paixão ao clube ainda é um homem de família!!! Léo, cumprimenta Coluna, Eusébio, Chalana e Humberto, o teu lugar é ao lado deles!
Beijinho para o Léo

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

É dos grandes

Mais uma vez ao acesso de um simples cartão de leitor, pude deliciar-me com o filme "A comédia de Deus" de João César Monteiro. A fama de actuar num universo paralelo fez-me espreitar esta sua obra, e é deveras fascinante. Do ridículo ao irónico, da metáfora ao rasca, tem vários sabores os gelados que este João fabrica. Aconselho a verem...basta o "levantarem" na biblioteca de Vfx

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Eu sei que estavam com saudades

Para recordarem a nossa passagem do ano :)

sábado, 27 de dezembro de 2008

4 us

Frio, frio, frio e mais frio. Outro ambiente, outras vidas, outras pessoas, outra lingua, a mesma forca e a mesma vontade, a mesma familia.
Souberam bem estes dias, deu pa por a cabeca em ordem (=-), novos amigos e amigas, tornei-me no apaixonado duma pequena menina de 3 anos, bebi umas pints, all very british. Tornei-me num fine bloke, vi umas belas birds, went to London. Mas amanha volto.
Entretanto ficam com um belo som.
Arcade Fire - No Cars Go

Directo de Reading, Berkshire, The United Kingdom, for queen and country,
aquele abraco.....

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Posposta musical

Uma forma original e exótica de fazer música. Trata-se da Vienna Vegetable Orchestra (diz-se que o Iabna vendeu-lhes uns repolhos...)! Esta rapaziada insiste em traduzir a sua escrita musical em sonoras melodias originárias dos mais suculentos legumes...e a comê-los no final dos concertos! Magnífico. O seguinte vídeo, mostra o processo de escolha, produção e utilização dos referidos instrumentos:) genial!Um bem-haja para este peculiar grupo

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

A Sapatada

Experimentem e deixem os vossos scores... ""É o beijo do adeus, espécie de cão" como disse o sr. jornalista iraquiano na despedida do bush.

Jogo 

"No Iraque, atirar um sapato contra alguém é considerado um grande insulto, pois significa que o alvo é inferior a um sapato." in JN online

Não está mal visto, o Jorge W a valer menos que um sapato... é uma pena é o jornalista ainda estar preso para se averiguar se está ligado a alguma organização "terrorista" já não se pode ter opinião própria, uma reprimenda ou qualquer coisa assim, o Jorge W apresentou queixa à policia ao menos?

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Mas para quê???




Poxa! Já estou para partilhar este pensamento que me enche espaço craniano noite dentro como se estivesse à espera do comboio das 19hs, quando saboreio um tablerone às 18h58 e ainda me falta uma pirâmide, desde algum tempo, mas tem-me faltado a tecla "L" no computador...peço desculpa por isso!

A situação é muito simples mas ao mesmo tempo arreliadora..o que leva um jogador a levantar a camisola aquando da comemoração de um golo?? Vontade de bazar para o chuveiro quente?? Suck me!!! Voçês não são a senhoa da foto, essa irá ficar sempre nos nossos corações, foi a melhor prova que tal é possível e recomendável quando se tem...a pele tão branquinha!Agora dispensa-se rapazotes que retiram o seu jersey e o desfraldam tal qual fosse a bandeirinha do seu partido. Fuck you!! Querem mergulhar no seu próprio ego...não tirem a shirt, tatuem a cara do Pinilla no braço! Vão se sentir os maiores goleadores da história constantemente.

P.S.: a minha vida é triste!

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

CQC @ VFX

Rompendo mais uma vez a barreira do desconhecimento e da pequenez, aqui aparece mais uma vez a freguesia da "grande" Castanheira do Ribatejo, disponível para o grande público no dia 29 de Novembro de 2008, num programa da "grande" TVI (quem desejar que faça as analogias).
Também retratada e com grande destaque a intervenção da "grande" presidente da câmara, e como um problema só o é realmente quando aparece uma lente a filmar.
Para munícipe ver, e no fundo para toda a gente...

Bons os tempos em que aquilo era só mato, muito bons até...

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Ontem , Hoje e Amanhã



Augustine e Sousa`s Brothers estiveram presentes no hot spot que ontem fez o casino de Lisboa aquecer até derreter as fichas de jogo. Big up para os "De La Soul", que representaram a cena hip hop dos States tal e qual estivessem nas streets de Harlem. Nota de realçe para as sisters que compunham a sala! O hip hop na nossa terra já entrou na maioridade...era só saúde! Aqui vai um som do grupo que eu aprecio bastante, mas que infelizamente não entrou no alinhamento:(

Aproveito para divulgar a próxima banda que pretendo rever ao vivo...Gogol Bordello!Dia 10 de Dezembro no Campo Pequeno às 21hs! Preço 23 euros. Fiquem com um cheirinho...


Quem me acompanha?

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Pino e Lino

Já que estamos numa de rapp....para quem ainda n teve oportunidade de ver aqui vai o rap do momento!!!!